1 de nov de 2009

UNIVERSITARIA É AGREDIDA POR IR COM VESTIDO CURTO A UNIVERSIDADE!

A estudante do curso de Turismo, chamada pelas amigas pelo apelido de "Loirão", foi ao campus com um vestido curto que foi encarado como "provocação" por vários colegas. Por causa disso, ela foi hostilizada e ameaçada fisicamente, como demonstram diversos vídeos que circulam na internet. Sem apoio dos seguranças da faculdade, ela precisou ficar trancada dentro de uma sala e só saiu de lá escoltada pela Polícia. A Uniban prometeu apurar o caso.

UEE

A União Estadual dos Estudantes repudia a ação feita por alguns alunos na Universidade UNIBAN na ultima quinta-feira (22). Acreditamos que uma vestimenta não altera o caráter de uma pessoa.

A juventude que tanto luta por espaço na sociedade se presta a uma atitude tão grosseira e sem nexo, uma atitude que retrocede a luta da juventude, nosso inimigo jamais está dentro de uma sala de aula ou circulando pelo campus de nossa universidade, ao contrario quem senta do nosso lado na sala de aula é nosso companheiro de luta, nosso aliado. A universitária do curso de turismo tem o apoio de nossa entidade, e um trabalho social deve ser feito na universidade, para que tal erro não repita.

Todavia sabemos que nossa sociedade se mascara escondendo assim o preconceito, e seja ele étnico, sexual, social; não aceitamos esse comportamento, a juventude luta por sociedade mais justa, democrática e laica, e esse tipo de comportamento em uma universidade onde de lá sairá, educadores, administradores, médicos, enfim profissionais qualificados é inaceitável.

O movimento estudantil se mostra contrario a essas atitudes, e sabe que não será de um dia para o outro que tal atitude será esquecida, e não é isso que defendemos, queremos que tal erro não aconteça mais.

Por uma sociedade mais justa é a UEE a favor da igualdade

Nenhum comentário:

Postar um comentário